Retrato do Artista Quando Coisa, de Manoel de Barros

R$ 54,90
Produto esgotado. Clique aqui para ser avisado
quando o produto estiver disponível.
Atenção:
FRETE GRÁTIS

a Blooks ENTREGA na Biblioteca da Escola Sá Pereira:
- escolha a opção frete grátis "Retirar Praia Botafogo..."
- e informe nos comentários "para entrega na Escola Sá Pereira"


O regresso à condição de “coisa” pressupõe a libertação das amarras racionais da vida dita civilizada, permitindo assim a criação espontânea e autêntica do poeta. Publicado originalmente em 1998, Retrato do artista quando coisa traz, nessa edição, prefácio de Regina Zilberman e imagens do acervo pessoal de Manoel de Barros.

No ano de nascimento de Manoel de Barros 1916 , James Joyce lançou Retrato do artista quando jovem, romance que iniciou o projeto de desarticulação da linguagem que se transformaria em uma marca do escritor irlandês. Não é difícil reconhecer os vínculos de Retrato do artista quando coisa com esse contexto. Além da subversão à lógica da sintaxe e da morfologia das palavras, este livro demonstra, mais uma vez, a conexão de Manoel à natureza. Como pedra, bicho, musgo ou qualquer outro ínfimo ser, o poeta se veste e reveste da paisagem pantaneira, construindo versos de uma força e lirismo impressionantes.
Dividido em duas partes “Retrato do artista quando coisa” e “Biografia do orvalho” , este volume fala das insignificâncias, das coisas simples e pequenas, que são o projeto poético e ético de Manoel, presentes não apenas aqui, mas em toda a sua obra.
• Prazo para postagem:
Veja também
973243960