Poétnica, de Nei Lopes

R$ 40,00
. Comprar  
Nei Lopes teve seus primeiros poemas publicados em jornais na década de 1960 e depois na revista Civilização Brasileira (n. 7, maio de 1966), pela mão do diretor responsável M. Cavalcanti Proença. Na década seguinte, o brasilianista David Brookshaw, então professor da Queen’s University, de Belfast, publicou o texto ‘Quatro poetas negros brasileiros’ na Revista de Estudos Afro-Asiáticos (n. 2, 1978, p. 30-43). Nesse texto, o teórico inglês analisou a produção de Nei Lopes, reunida num volume intitulado ‘Feira Livre’, jamais publicado, comparando-a muito positivamente às de Lino Guedes, Solano Trindade e Eduardo de Oliveira. Entretanto, somente em 1996, Nei Lopes lançou um volume reunindo suas poesias: ‘Incursões sobre a Pele’, publicado pela Artium Editora.

O presente volume, então, compila toda a poesia do autor produzida no período de 1966 a 2013, excluída sua porção cancionista, materializada em mais de três centenas de títulos tornados públicos, desde 1972, nas vozes de importantes intérpretes da música popular brasileira.

SOBRE O AUTOR

NEI LOPES

Por volta dos treze anos de idade, Nei Lopes garatujava – como diz – seus primeiros versos. Na década de 60, na Faculdade de Direito, a faina literária crescia. E, depois, vieram uma menção honrosa do Prêmio Fernando Chinaglia da UBE, em 1970; publicações em jornais e revistas; e a participação na antologia Abertura Poética, organizada por Walmir Ayala, em 1975. Mas aí a música popular já falava mais alto. E o poeta “de papel” – definição sua – perdia espaço para o cancionista profissional e elogiado letrista. Sem que, entretanto, a produção de poemas fosse inteiramente abandonada. Em 1996 veio à luz o volume de poemas Incursões sobre a Pele, que integram este Poétnica, o qual assim contempla quarenta e cinco anos de atividade poética consciente – como Nei Lopes gosta de realçar.
DADOS TÉCNICOS
Brochura
Páginas: 192
ISBN: 978-85-65679-21-3
• Prazo para postagem:
Veja também