Trabalho imaterial

R$ 35,00
. Comprar  
Este livro reúne cinco ensaios sobre transformações do trabalho — estudos pioneiros sobre sua centralidade no pós-fordismo — publicados em sua maioria na revista francesa Futur Antérieur (fundada pelo pensador da nova esquerda italiana, Antonio Negri).

Em uma época marcada, por um lado, pela crise do taylorismo e do emprego formal baseado no chão fabril e, por outro, pelas multiplicações das pesquisas sobre o modelo neoindustrial de inspiração japonesa, estes textos apontam a qualidade nova, comunicacional e linguística do trabalho nos dias de hoje. Indeterminado e aberto, o tempo associado à realização de um ofício libera-se dos parâmetros rígidos e padronizados dos modelos de produção de outrora, assumindo contornos mais fluidos.

O conceito de trabalho imaterial é proposto como o mais adequado para dar conta das dimensões pós-industriais. Negri e Lazzarato fundamentam-no em pesquisas empíricas e na recuperação das antecipações que Marx, nos Grundrisse, fez sobre socialização do trabalho e intelectualidade de massa.
• Prazo para postagem:
Veja também