É preciso salvar os direitos humanos, de

R$ 79,90
. Comprar  
De utopia universalista no final do século XX a alvo de preconceito do cidadão comum e do escárnio dos que os vilipendiam como 'direito de bandido' nas primeiras décadas do século XXI, os direitos humanos se encontram atualmente numa encruzilhada de incompreensões: à esquerda do espectro político, os defensores ferrenhos de um multiculturalismo essencialista de extração anglo-saxã os subordinam, em nome da 'tolerância', aos 'direitos das culturas' ou 'das minorias'. À direita, os sempre adeptos da necessidade de uma doutrina qualquer de segurança nacional para nos proteger de nossos inimigos reais ou inventados, internos e externos - os subversivos de ontem, os terroristas de hoje -, preconizam o combate à violência de origem política ou criminosa por meio de uma ainda maior violência sancionada pelo Estado. Daí ser mais do que oportuna a publicação pela editora Perspectiva deste ponderado, fundamentado e refletido apelo, é preciso salvar os direitos, que é também uma advertência do notável especialista e ativista, o diplomata brasileiro José Augusto Lindgren-Alves. É Preciso Salvar Os Direitos Humanos! merece e precisa ser lido e discutido por todos que precisam e merecem um país e um mundo mais justo e digno, e que percebem que sem a garantia de um mínimo denominador comum de nossa dignidade como pessoa, em qualquer lugar e a todo tempo, não nos tornamos nem mais livres nem mais seguros, e sim mais pobres, mais selvagens, menos direitos e menos humanos.
• Prazo para postagem:
Veja também