Eu, Empregada Doméstica, de Preta Rara

R$ 39,90
. Comprar  
"As trabalhadoras domésticas nunca desejaram ser domésticas, mas por falta de opção honraram essa profissão e desempenharam ótimo trabalho que quase sempre não são reconhecidos. Estamos na luta por dias melhores de garantir nossos direitos trabalhistas até sermos respeitadas dentro do nosso local de trabalho, em busca de relações trabalhista no qual humanizam nossa existência. Relembrar minhas dores e vivenciar as dores das trabalhadoras em cada relato que leio diariamente é um dolorido profundo, porém necessário fazer a nossa voz ecoar. Mulheres trabalhadoras domésticas desse Brasil, foi tão difícil chegar até aqui, quantas de nós perdemos a vida dedicando a nossa existência em prol de pessoas que querem somente a nossa força de trabalho. Existimos e resistiremos cobrando nossos direitos. Grande abraço a todas as domésticas do Brasil. Força na luta ainda chegará um dia que nosso trabalho será reconhecido e assim o quartinho da doméstica deixará de ser a senzala moderna. "
• Prazo para postagem:
Veja também