Deus aos domingos, de Rafa Campos Rocha

R$ 39,90
. Comprar  
Deus, a criação de Rafael Campos Rocha, tornou-se uma das personagens mais cultuadas da HQ brasileira contemporânea. E talvez a mais polêmica. Porque Deus é uma mulher, negra, que gosta de dar risada e gosta de sexo. Nesta história inédita, Deus participa de uma orgia na Tanzânia, vence um ataque de tubarões e enfrenta um jantar na casa da sogra. E tenta, finalmente, descansar no domingo. Deus surgiu no zine O Poder do Pensamento Negativo – como destruir sua vida e a das pessoas que você ama em duas lições. O sucesso foi o bastante para suas tiras passarem a ser publicadas também na revista Piauí, depois no caderno Ilustríssima (da Folha de S. Paulo) e finalmente na revista Vice. Assim, Deus arrebanhou legião de fãs fiéis.
 
“Deus, essa gostosa, é uma das personagens mais emblemáticas do Brasil. Ninguém despiu tão deliciosamente uma sociedade racista, classista e homofóbica como a brasileira, como a protagonista do inesquecível e desconcertante ‘a verdade, filho meu, é que eu não me importo’ – ao menos desde A insustentável leveza do Ser, obra prima de Laerte. Deus agora circula aos domingos em seu fusca, com o namorado Carlos, ou em uma nave espacial, numa digressão que nos leva à capital anarco-democrática de um futuro onde uma nova organização político/geográfica global parece ter invertido o jogo de forças planetário. Um exercício imaginativo inspirado, controverso e idiossincrático como deve ser na cabeça de um libertário. “
- Renata Lucas, artista plástica
• Prazo para postagem:
Veja também