Oito do sete, de Cristina Judar

R$ 36,00
. Comprar  
Nada é por acaso na literatura que reaviva a aventura humana e, por isso, nos encanta. Oito do sete: eis, não por acaso, a data que marca o enredo desta bela estreia de Cristina Judar no romance. Não por acaso o dia é oito, número do infinito. Não por acaso o mês é julho, o sétimo do ano. Não por acaso vamos nos inteirando da trama pelos fragmentos narrados por quatro vozes distintas: duas amantes (Magda e Glória), um anjo (Serafim) e uma cidade (Roma). Não por acaso Magda e Glória se veem como cisternas e aos homens como torres. E, não por acaso, aqui os homens são embarcações; as mulheres, terra para que se afundem.
• Prazo para postagem:
Veja também