Mãe Sereia

R$ 43,00
. Comprar  
A história fala da travessia do primeiro navio carregado de escravos da África para Cuba, mas poderia ter partido para qualquer outro país onde houvesse escravidão. No navio estão homens, mulheres e crianças de diferentes idades e todos enfrentam a dura passagem pelo Atlântico, o mar desconhecido.

Eles não estão sozinhos, Mãe Sereia, a deusa iorubá dos peixes e das águas salobras, mergulhou na imensidão das ondas, transformada em uma enorme sereia anil, para seguir o navio através do oceano.

É a primeira vez que o livro é publicado fora de Cuba. Teresa Cárdenas acredita
que Mãe Sereia é uma narração que ela devia a si mesma, a sua ancestralidade.
“Queria contar essa história para as crianças e meu compromisso com a memória ditou o texto. Através dos olhos das personagens elas poderão se transportar às imagens dos incompreensíveis homens brancos, barcos, mar, morte e terra nova, explica.”

Para a autora, o livro aborda não apenas a questão da sobrevivência daqueles que foram arrancados da África, mas também a transferência de sua cultura através da oralidade e a relação com as tradições religiosas. “Ao final, quase é dito que as palavras têm mais poder do que a vida e a morte juntas. E é verdade, eu acho.”
• Prazo para postagem:
Veja também